MOÇÃO SECTORIAL APRESENTADA NO XIV CONGRESSO

         DEPOIS APROVADA PELA COMISSÃO POLITICA NACIONAL


 

                XIV CONGRESSO NACIONAL DO PS

                                                              

                                              MOÇÃO   SECTORIAL

 

1-       Propõe-se que, utilizando as possibilidades electrónicas que hoje existem,  a “Acção Socialista” organize um arquivo permanente e de facil acesso pela Internet  em que, por ordem cronológica e numerados,  sejam conservados todos os textos enviados por via electrónica para a “Acção Socialista” com o pedido de publicação  por militantes do PS, ou simpatrizantes inscritos nos ficheiros centais  em conformidade com  nº 5 do Artigo 7º dos Estatutos.

 

2-       A “Acção Socialista” que, obviamente, não poderá publicar todos estes textos,  deverá publicar  em todos os seus números  a lista numerada dos textos entretanto chegados, com a data de chegada, título e nome do autor.

 

3-       Em notas complementares,  anexas aos textos iniciais, igualmente acesssiveis por via  da Internet, poderão ser registadas informações  relacionadas com os textos posteriormente  enviadas  pela Direcção da  “AS”,  ou pelos autores, como  indicações sobre a data de publicação na “AS” , indicações da publicação noutros jornais, referências que lhe foram feitas , etc. .

 

 

4 -  A Direcção da Acção Socialista poderá  suspender a divulgação electrónica de textos que considere inconvenientes, avisando os autores e submetendo o caso  ao Conselho Editorial cujo parecer deverá depois seguir.

 

Justificação:

 

Esta proposta, viável com custos mínimos, tem por objectivo  permitir que todos os militantes do PS  possam ter acesso acesso a todos os textos enviados para a “Acção Socialista”  por militantes e simpatizantes, seja   pela sua  leitura directa no jornal que todos recebem,  seja  por intermédio da indicação nele publicada do arquivo electrónico de facil acesso onde ficam guardados.

 

Consideramos  esta medida muito importante  para facilitar a apresentação e  o debate de ideias no interior do PS e conservação da sua memória.

 

Pensamos que, num futuro próximo, medidas semelhantes serão adoptadas por outros partidos que desejem desenvolver  e consolidar uma prática democrática.

 

Propomo-la, aqui, porque desejamos que o PS tenha um papel pioneiro pondo-a, desde já, em prática.

 

               

               

Moção entregue com 30 assinaturas de delegados em 2 de Outubro de 2004.

 

(O ponto 4  foi acrescentado para corresponder a sugestões depois apresentadas)